quarta-feira, 28 de maio de 2014

Projeto Festa Junina

Projeto Festa Junina em Libras



Duração: 10 dias
Alunos atendidos: Sala de Recursos para alunos surdos
Justificativa:
O mês de Junho sempre desperta um grande interesse nos alunos em trabalhar o assunto “Festa Junina”. O mês é marcado por grandes comemorações, que se iniciam no dia 12/06, véspera do Dia de Santo Antônio e terminam no dia 29, dia de São Pedro. O auge das festas acontece entre os dias 23 e 24, dia de São João. As pessoas soltam fogos de artifícios, balões, enfeitam as ruas com bandeirinhas, fazem barraquinhas para jogos e comidas típicas e dançam quadrilha.
Objetivos Geral:
Como estamos no mês de Junho, estaremos trabalhando o tema: Festa
Junina. O objetivo principal do projeto é enriquecer o conhecimento da turma quanto aos costumes das festas juninas. Isso se dará através de atividades lúdicas e prazerosas, contribuindo para a socialização dos alunos.
Objetivos Especificos:
  • Conhecer as características das festas juninas em diferentes regiões do país;
  • Valorizar e demonstrar atitudes de respeito ao trabalho e ao homem do campo;
  • Compreender a história da festa junina, bem como seu valor dentro do folclore brasileiro, destacando seus aspectos sociais e religiosos;
  • Perceber a importância do trabalho em equipe e a união do mesmo;

Recursos:
  • Músicas em Libras;
  • Colagem;
  • Recortes;
  • Produção de enfeites para a sala;
  • Brincadeiras Juninas (corrida do saco, dança da cadeira, dança da laranja, estoura balão, argola, corrida do ovo, etc.)
  • Tradições;
  • Ditado Junino;
  • Comidas típicas;
  • Origem da Festa Junina.

Culminância:
  • Elaboração de um mural com as características de um verdadeira Festa Junina.
  • Festa Junina na sala de aula (cada aluno ficará responsável de trazer um alimento característico).

Avaliação:
Será avaliado no decorrer do projeto a participação, a colaboração e a  organização dos alunos durante as atividades.

Planejamento Anual para a Educação de Jovens e Adultos - CIÊNCIAS

Planejamento Anual para a Educação de Jovens e Adultos

Escola Municipal “João Alves Duca” – Santana do Jacaré – MG
Professoras: Ailce Zulmira da Costa, Mirna Ferreira Barbosa e Shirlei  Teixeira Januário – 1º , 2º e  3 º  Período EJA - 2009

CIÊNCIAS
 8 - Objetivos Gerais
  • Conhecer o nosso sistema solar, o nosso planeta, os seres vivos, corpo humano, doenças provocadas por vírus, métodos contraceptivos, doenças sexualmente transmissíveis.
  • Entender e preservar animais ameaçados de extinção, desnutrição, formas de energia, primeiros socorros, poluição no planeta, sistema reprodutor masculino e feminino, sistemas respiratório, circulatório, digestivo, glandular e nervoso.

 9 – Objetivos Específicos
  • Aprender sobre o nosso universo e o nosso planeta, tendo noções do movimento de translação e a força da gravidade.
  • Compreender a importância da preservação da água do ar e solo, entendendo como forma de sobrevivência humana.
  • Conhecer os animais vertebrados e invertebrados, partes da planta, a importância das plantas.
  • Localizar no corpo humano os seus órgãos, o sistema muscular, sistema esquelético, os agentes causadores de doenças.
  • Ter conhecimento de métodos contra conceptivo como: Tabelinha ou calendário, Temperatura, muco cervical ou esterilização.
  • Aprender sobre preservativo masculino e feminino, diu, diafragma, espermicidas, pílula, pílula do dia seguinte e coito interrompido.
  • Saber sobre Aids, formas de transmissão e como evitar.
  • Conhecer as formas de energia, como cuidar do lixo, material reciclável.
  • Aprender sobre a cadeia alimentar, animais ameaçados de extinção, seguranças no trabalho, primeiros socorros.
  • Respeitar o corpo evitando drogas: como o hábito de beber e fumar, as doenças que causam as drogas..
  • Trabalhar sobre a fecundação, genética, sistema digestivo e sistema nervoso.

METODOLOGIA
  • Trabalhos em sala de aula com: vídeos, revistas, cartazes, debates, palestras e atividades com profissionais da saúde.
  • Trabalhos com experimentos e pesquisa..
  • Uso do caderno, livro didático e atividades mimeografadas.

ARTES
10 – Objetivo  Geral
  • Desenvolver a criatividade e o espírito de colaboração entre os alunos no desenvolvimento das atividades propostas.

11 – Objetivos Específicos
  • Aprender a utilizar a criatividade no desenho, artesanato e pintura.
  • Utilizar as datas comemorativas na aplicação com trabalhos artísticos.
  • Conhecer as habilidades de cada aluno e utilizar essas habilidades.

METODOLOGIA
  • Trabalhos em sala de aula ou fora dela, dependendo do assunto tratado.
  • Trabalhos com desenhos, figuras, revistas, tinta, sucata etc.
  • Utilizar outros meios dependendo das habilidades dos alunos.

AVALIAÇÃO
       “Avaliar a aprendizagem implica avaliar também o ensino oferecido”
 ( PCN –p.94)
           A avaliação de modo geral deve servir para duas finalidades básicas: apresentar aos alunos seus avanços, dificuldades no processo ensino-aprendizagem e fornecer subsídios que possibilitem ao professor analisar sua prática em sala de aula. Assim, o professor, além de observar em que medida e com que diversidade os objetivos foram alcançados, pode planejar e decidir se é preciso intervir ou modificar as atividades que vem propondo.
          A avaliação, entendida como constitutiva da prática educativa, não pode estar ancorada em momentos específicos ou entendida como documento burocrático do rendimento dos alunos. Por isso, deve ser contínua, diagnóstica e dialógica. Contínua por que deve ocorrer em todo o processo ensino-aprendizagem; diagnóstica porque tem como finalidade, detectar dificuldades que possam gerar ajustes ou mudanças da prática educativa; dialógica, porque não se aplica apenas aos alunos, mas ao ensino que se oferece.
         Por esse motivo a avaliação é um processo que envolve toda a escola, de acordo com a proposta pedagógica elaborada pela comunidade escolar.

Planejamento Anual para a Educação de Jovens e Adultos - MATEMÁTICA

Planejamento Anual para a Educação de Jovens e Adultos

Escola Municipal “João Alves Duca” – Santana do Jacaré – MG
Professoras: Ailce Zulmira da Costa, Mirna Ferreira Barbosa e Shirlei  Teixeira Januário – 1º , 2º e  3 º  Período EJA - 2009

MATEMÁTICA
4 – Objetivos Gerais
  • Dominar conceitos e procedimentos da matemática  necessários  a sua vida pessoal, social  e profissional.
  • Fazer uso da matemática em situações de seu cotidiano, em seu meio e nas suas necessidades.
  5 – Objetivos Específicos
  • Trabalhar a importância da matemática para solucionar problemas que envolvam somar, subtrair, multiplicar e dividir.
  • Ler e registrar quantias.
  • Realizar troco em situações reais, usando o processo aditivo, subtrativo e situações problemas; por escrito e oralmente.
  • Efetuar operações cujos termos são quantias em dinheiro.
  • Reconhecer o valor social das unidades de medidas padronizadas e utiliza – las adequadamente.
  • Trabalhar números cardinais, ordinais e romanos; por extenso e algarismos.
  • Trabalhar dezenas, centenas e unidades.
  • Utilizar os números pares e ímpares; sabendo distingui – los.
  • Promover cálculo mental e estimativo.
  • Familiarizar com formas e propriedades geométricas simples.
  • Agrupar quantidades conforme as regras do sistema de numeração decimal
  • Estabelecer relações entre as operações.
  • Ler, interpretar e escrever as unidades de medidas.
  • Trabalhar conjuntos.
  • Promover atividades que envolva o sistema monetário brasileiro.

METODOLOGIA
  • Escrevendo os números em ordem crescente e decrescente;
  • Utilização do número (aspecto funcional) em situações do cotidiano;
  • Resolução de problemas que envolvam as quatro operações;
  • Trabalhar com cálculos com o conhecimento que os alunos já possuem, favorecendo a troca de opiniões e sugestões dos alunos;
  • Incentivar a criação de novos procedimentos pessoais de cálculo;
  • Usar jogos, revistas, fichas, atividades etc; para a fixação das aprendizagens;
  • Usar calendário para fixação de numerais, meses e ano;
  • Usar dobraduras e outras artes para a aprendizagem da geometria;
  • Utilizar o livro didático com suas atividades.
  • Exercícios no quadro e atividades mimeografadas.
  • Utilizar fichas com  numerais cardinais, ordinais e romanos; em números e
  • por extenso.
  • Trabalhar com outras formas de fixação de atividades como: jogos com numerais, tabelas, quadro valor de lugar etc.

GEOGRAFIA

6 – Objetivos Gerais
  • Identificar as diferenças entre o Urbano e o Rural;
  • Conhecer e distinguir a história e a geografia do município, do estado e do país;
  • Construir conceitos de cidadania a partir da realidade local articulando política, cultura, quentões sociais e meio ambiente;
  • Conhecer a formação do povo brasileiro;
  • Entender as leis, como: Leis trabalhistas, Constituição Federal, Estatuto do Idoso etc.

 7 – Objetivos Específicos
  
  • Conhecer a trajetória política brasileira desde a chegada dos portugueses até nossos dias;
  • Identificar os vários momentos pelos quais perpassa a história e a importância desses momentos ontem e hoje;
  • Conhecer e identificar as características de lugar em que vivem;
  • Conhecer a formação de um bairro como espaço geográfico e histórico;
  • Compreender as leis que regem o país;
  • Refletir e entender os problemas relativos ao trabalho individual e o coletivo;
  •  Preocupar – se com os problemas sociais e procurar melhora – los;
  • Entender e saber utilizar os meios de comunicação necessários ao conhecimento e busca de informação;
  • Conhecer e identificar o Brasil e suas regiões;
  • Ter noções do relevo do Brasil, clima e vegetação.

METODOLOGIA
  • Usar em sala de aula: mapas, Atlas e globo terrestre;
  • Trabalhos com informação através de: revistas, jornais, informática e leis;
  • Usar atividades mimeografadas e o livro didático;
  •  Uso da biblioteca para pesquisa;
  •  Uso do quadro e caderno;
  •  Trabalhar com  palestras e debates.

Planejamento Anual para a Educação de Jovens e Adultos - LÍNGUA PORTUGUESA

Planejamento Anual para a Educação de Jovens e Adultos

Escola Municipal “João Alves Duca” – Santana do Jacaré – MG
Professoras: Ailce Zulmira da Costa, Mirna Ferreira Barbosa e Shirlei  Teixeira Januário – 1º , 2º e  3 º  Período EJA - 2009

1 - Apresentação

                Aqui serão apresentadas as formas como trabalhar com o EJA, levando em consideração seus interesses, experiências,  temores,  saber suas  opiniões, raciocínio, seus sentimentos e emoções.
                O planejamento será distribuído por área de conhecimento para melhor desenvolvimento do trabalho, não sendo necessariamente um método para se trabalhar, podendo o professor utilizar a globalização das áreas do conhecimento, não sendo necessário a separação. 
LÍNGUA PORTUGUESA
2 - Objetivos Gerais
  • Criar condições para que o aluno desenvolva sua competência comunicativa, discursiva, sua capacidade de utilizar a língua de modo variado e adequado ao contexto, às diferentes situações sociais, interessando – se em ampliar seus recursos expressivos, seu domínio da língua padrão em suas modalidades oral e escrita.
  • Fortalecer nos jovens e adultos a importância de saber ouvir o outro, desenvolvendo o respeito mútuo e desenvolver sua capacidade de interação.

3 - Objetivos Específicos
  • Inserir o jovem e o adulto no contexto da sociedade, valorizando sua cultura e seu conhecimento.
  • Alfabetizar priorizando o método fonético e incluindo outros métodos (letramento, global, silábico etc.)
  • Trabalhar a expressão oral desenvolvendo habilidades para emitir opiniões, com clareza.
  • Desenvolver capacidades mínimas de inserção na sociedade, eliminando discriminações e desenvolvendo capacidades de uso diário como:
  •   Saber fazer uso de seus direitos e também conhecendo os seus deveres
  •   Conhecer e distinguir e saber usar diferentes textos de uso cotidiano.
  •   Trabalhar diversos tipos de textos, diferentes linguagens e diversos tipos de  leitura.
 LEITURA E ESCRITA 
  • Alfabeto maiúsculo e minúsculo;
  • Emprego adequado de letras;
  • Montagem de palavras, sentenças e textos;
  • Identificação de idéias básica do texto;
  • Sílabas, fonemas e grafemos;
  • Produção de textos;
  • Interpretação de texto;
  • Comparação e diferenciação de escritas diversas;
  • Exploração de material escrito: nomes, rótulos, textos, propagandas etc;
  • Identificar poesia, propaganda e textos;
  • Produzir pequenos como : anúncio, bilhete e cartas;
LINGUAGEM ORAL, VERBAL E NÃO – VERBAL.
  • Relato de histórias ouvidas, casos, poemas e reprodução oral de textos diversos (informativos publicitários e poéticos);
  • Relato de filmes, reportagens e causos;
  • Mímica, dança e atividades lúdica;
  • Localização e identificação de rimas;
  • Leitura e análise de texto informativo e poético;
  • Verbalização de opiniões e comentários.
 GRAMÁTICA
  • Ortografia;
  • Partição Silábica;
  • Tonicidade;
  • Ordem alfabética;
  • Alfabeto móvel;
  • Jogos: caça-palavras, adivinhações com letras e sílabas, ditado de sílabas  ou
  • Palavras etc;
  • Pesquisa de palavras, sílabas e gravuras. (jornais, revistas e rótulos)
  • Quadras e poesias;
  • Classes de palavras: substantivos, adjetivos, verbos, advérbios, artigos, numeral, pronomes,etc.
 METODOLOGIA
  • Trabalhar o alfabeto móvel, letras de imprensa e manuscrita e acrósticos;
  • O aluno deverá montar nomes que tenham significado para ele (o seu nome, o das alfabeto móvel deverá estar sempre presente, para conscientização de letra e/ ou interiorização da escrita convencional;
  • Leitura de diversos tipos de textos;
  • A leitura de rótulos, propaganda, bulas, receita, contas de água e luz marcas de produtos para conscientização das letras;
  • Textos informativos, expositivos e prescritivos.
  • Ortografia;
  •  Achar palavras dentro de outra;
  •  Ilustrar poemas e dramatiza – los;
  •   Ensinar sílabas e palavras através de: adivinha, trava – línguas, rimas etc;
  •   O trabalho com rimas facilitará a relação som-letra;
  • Leitura silenciosa, em voz alta ou pelo professor;
  • Debate conversa informal, desenvolvendo assim habilidades de comunicação;
  • Palavras formadoras do esquema silábico (consoante + vogal);
  • Distinção entre vogal e consoante.
  • Identificação de versos e estrofes;
  • Localização e identificação de rima;
  • Atividades que envolvam classes de palavras.

Projeto: Meu Corpo, Teu Corpo, Nosso Corpo!

Projeto: Meu Corpo, Teu Corpo, Nosso Corpo!
Participantes: Alunos do 2º ano do Ensino Fundamental.
Duração do Projeto: 10 dias
Justificativa:
A partir de uma votação realizada em sala de aula, o presente projeto irá abordar temas relacionados com o corpo humano.
Iremos estudar os órgãos do sentido (paladar, olfato, tato, audição e visão) que são imprescindíveis para a sobrevivência do ser. Além de proporcionar o conhecimento e compreensão do conteúdo, a minha intenção também será de mostrar o valor que devemos dar aos órgãos e a importância de respeitar o próximo.
Vamos ainda trabalhar o assunto higiene, tendo em vista a necessidade de conscientizar os alunos e pais sobre este tema que é de suma importância para o bem estar e boa saúde.
Objetivo Geral:
            Realizar um apanhado geral dos assuntos relacionados ao corpo humano, como cuidados com o corpo, higiene e órgãos do sentido.
Objetivos Específicos:

  • Identificar os órgãos do sentido;
  • Compreender a importância dos cuidados com o corpo;
  • Conscientizar e promover a boa higiene;
  • Valorizar os órgãos do sentido;
  • Diferenciar as partes do corpo;
  • Desenvolver a psicomotricidade;
  • Estimular a criatividade.
Recursos:
  • Desenho;
  • Colagem;
  • Brincadeiras;
  • Músicas;
  • Literatura infantil;
  • Pesquisa;
  • Atividades escritas;
  • Recortes.

Culminância:
  • Confecção de um boneco de meia e jornal com todas as partes do corpo identificadas.
  • Realização de uma eleição para escolhermos o nome do boneco.
  • O boneco irá percorrer as casas dos alunos durante um período estipulado pela professora para que cada aluno tenha a oportunidade de cuidá-lo.

Avaliação:
            Será avaliado do decorrer do projeto a participação, a colaboração e a organização da turma durante as atividades bem como a internalização dos conteúdos estudados.

INCLUSÃO NA CIDADE

No Mundo dos Animais

ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL BEM-ME-QUER
PROFESSORA: STELA MARIS DA ROSA DIAS
TEMA: INCLUSÃO NA CIDADE
CLIENTELA: ALUNOS DO PRÉ-ESCOLAR 1 A
TEMPO DE DURAÇÃO: 13 DE ABRIL A 30 DE JUNHO/2009
1. JUSTIFICATIVA
Diante da necessidade de incluirmos nossos alunos do Pré-Escolar dentro da cultura atual de inclusão dos novos saberes, buscando meios e instrumentos diversos a fim de motivar-lhes um maior contato com a realidade que nos cerca, produzindo assim uma aprendizagem mais efetiva, e também pela necessidade de incluir todos os locais possíveis como espaço de aprendizagem, especialmente dentro do nosso Município, se faz necessário que os levemos para fora das paredes da escola, bem como lhes apresentemos outros meios de apropriação de conhecimentos, permitindo-lhes uma efetiva interação entre a escola e a Cidade em que vivemos. Assim, justifica-se esse projeto.
2. OBJETIVO GERAL
Incluir nossos alunos da Educação Infantil Pré-Escolar dentro do Município, levando-os a conhecer outros lugares, onde possam interagir e conhecer outros locais públicos, que permitam novas aprendizagens social, ambiental e cultural. Possibilitando assim novas oportunidades de apropriação de saberes, bem como a integração entre a escola e o Município.
3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS
  • Visitar, conhecer e explorar os locais públicos da Cidade que nos permitam usufruir de novas aprendizagens, necessárias à vida atual.
  • Incluir nossos alunos da Educação Infantil Pré-Escolar em lugares importantes da Cidade.
  • Promover interação entre alunos e cultura histórica do Município.
  • Aproximar escola e comunidade por meio do uso de outros tantos espaços públicos destinados a construção de novos saberes coletivos, sociais e culturais.
4. ATIVIDADES
  • Promover visitas ao Parque Natural Tupancy, para conhecer o local, as espécies que ali vivem e a necessidade de preservação e cuidados para com o Parque.
  • Visitar os limites do Município, de norte a sul, enfatizando as localidades em que moram os alunos da escola.
  • Conhecer os possíveis pontos turísticos fora da sede do Município: Dunas do Balneário Atlântico, Rua Coberta de Árvores da Marambaia, Sambaquis, Zona Rural e Turismo Rural Campeiro, CTG Rincão de Estância.
  • Realizar registros ilustrativos, fotográficos e virtuais.
  • Exposição de trabalhos na escola e em outros espaços públicos de amplo acesso à população.

5. CRONOGRAMA
As visitas serão efetivadas nas seguintes datas pré-estabelecidas, no horário das 09:00 às 11:00 horas:
Dia 22 de Abril (quarta-feira) visita ao Parque Natural Tupancy.
Dia 23 de Abril (quinta-feira) visita ao CTG Rincão de Estância.
Dia 29 de Abril (quarta-feira) visita aos limites do Município, de norte a sul.
Dia 07 de Maio visita à rua coberta de árvores na Marambaia e aos sambaquis, também na Marambaia.
Dia 13 de maio visita às dunas do Balneário Atlântico.
Dia 23 de Junho visita à Zona Rural.

6. METODOLOGIA
Roda de conversa, atividades em grupo e individuais, produções coletivas, passeios-visitas, postagens virtuais e exposição de trabalhos.
7. AVALIAÇÃO
Será satisfatório se nossos alunos se envolverem nas propostas e realizarem as atividades com prazer e alegria, ampliando assim seu conhecimento da Cidade, possibilitando novas aprendizagens e explorando ao máximo tudo o que pudermos nesses momentos.

Como elaborar um Projeto Pedagógico

Como elaborar um Projeto Pedagógico

1. Como fazer um projeto? Tema do Projeto – a questão apresentada pelo educador, pode não ser um problema para o aluno, por isso podemos permitir que os alunos definam os temas, que formulem problemas e coloquem o pensamento em funcionamento pela necessidade de entendê-lo melhor e alcançar soluções.
• Trabalho em grupo – é enriquecedor, pois cada um poderá contribuir de maneira criativa para realização de um trabalho coletivo (uma rede), de acordo com seu interesse, trocando idéias, discussões, ou melhor um processo de construção de cooperação.
2. Como fazer um projeto? Tema do Projeto definido por: alunos professores comunidade. Explorar uma questão; Definir os problemas; Soluções.
3. Como fazer um projeto? trabalhar em grupos enriquece o trabalho; Contribuição criativa; Troca de idéias e discussões.
4. Projeto: Nome/Título
• Justificativa (por que?)
• Objetivos (necessidades a alcançar)
• Atividades (o que fazer?)
• Estratégias (como fazer?)
• Acompanhamento (direcionamento)
• Avaliação (estímulo).
5. Como fazer um projeto? Acompanhamento do Projeto
• Avaliação do processo de desenvolvimento do aluno durante a realização do projeto.
• Perguntar.
• Contra-argumentar
• Orientar sem fornecer soluções.
6. Uso de mídias e tecnologia
•internet, jornais, rádio, tv, máquina fotográfica, filmadora etc.
•Pastas e sub-pastas; grupos; apresentação; outras ferramentas(power point,word, paint, porta USB, etc.)
7. Outras atividades paralelas:
• Show de talentos
• Exposição de desenhos
•Exposição de fotos
•Desfile de modas
•Painel de poesia
•Jogral
•Leitura de textos (Art. da Constituição Federal, Passagens históricas, etc.)
•Teatro.
DICAS:
- Estar sempre interagindo com os alunos;
- Dinamizar ao máximo as atividades;
- Avaliar cada tarefa, sem deixar que as atividades se acumulem muito;
- Incentivar a participação dos professores e dos alunos em todas as fases do projeto;
- Ler sempre sobre o assunto;
- Explicar detalhadamente cada atividade;
- Se colocar sempre a disposição para eventuais dúvidas;
- Acompanhar sistematicamente o desenvolvimento do projeto.
Verbos adequados à formulação de objetivos
IDENTIFICAÇÃO
DESCRIÇÃO
COMPARAÇÃO
Identificar
Descrever
Comparar
Reconhecer
Caracterizar
Diferenciar
Denominar
Expor
Contrastar
Apontar
Narrar
Relacionar
Indicar
Traçar
Confrontar
Designar
Contar
Igualar
Intitular
Listar
Discernir
Mostrar
Relatar
Separar
Rotular
Imitar
Nivelar
Assinalar
Apresentar
Discriminar
Mencionar
Enumerar
Ligar
Evocar

Excluir/incluir
Determinar

Traçar paralelo
Refletir/citar


CLASSIFICAÇÃO
CONCLUSÃO
APLICAÇÃO
Classificar
Concluir
Aplicar
Escolher
Deduzir
Empregar
Ordenar
Decidir
Utilizar
Numerar
Justificar
Construir
Separar
Resumir
Praticar
Selecionar
Criticar/julgar
Efetuar
Distinguir
Analisar
Executar
Agrupar/reagrupar
Apreciar
Efetivar
Categorizar
Examinar
Criar
Colecionar
Conceituar
Elaborar
Dividir
Definir
Confeccionar
Subdividir
Generalizar
Explicar
Qualificar

Inventar

Projeto: “Criança no trânsito”

Projeto: “Criança no trânsito


Autoria: Anita Claudia G. Lemes 
Projeto: Criança no Trânsito
Participantes: Alunos do Pré-escolar
Duração do projeto: Dez dias
Justificativa
Ao menos duas vezes ao dia, as crianças são companheiras de viagem no veículo, uma vez que costumam ser transportadas nos trajetos casa-escola e escola-casa. Além disso, existem outras atividades na rotina dos pequenos, tais como: consultas ao médico/dentista, natação, compras, etc. (fora os passeios nos finais de semana e as viagens realizadas com a família).  Assim, torna-se importante conscientizar as crianças a partir do pré-escolar a respeito das Leis de Trânsito. A escola tem papel fundamental na ação educativa para o trânsito e é o espaço determinante de formação de cidadãos conscientes e críticos.
Objetivos
A educação no trânsito tem como objetivo formar o comportamento do cidadão enquanto usuário das vias públicas na condição de pedestre, condutor ou passageiro.

Objetivos específicos
  • Conhecer as formas, cores e os significados das placas mais utilizadas no trânsito, do semáforo, da faixa de pedestres e demais componentes das vias públicas;
  • Conhecer locais de risco para brincadeiras; 
  • Visitar e explorar locais públicos da cidade que proporcionem novas aprendizagens;
  • Orientações para conduzir as crianças nos diversos meios de locomoção/transporte, assim como identificá-los;
  • A criança como pedestre; 
  • Demonstrar atitude solidária frente a situações ocorridas no trânsito, no que tange habilidades importantes à segurança do pedestre e do próprio passageiro.

Fundamentação teórica
É preciso destacar os direitos de motoristas e pedestres e fazer com que os alunos trabalhem com situações reais. O aprendizado já na educação infantil faz com que o aluno cresça com consciência, gerando uma mudança de comportamento e prevenindo acidentes.

Conteúdo programático
  • Conversa informal, para verificação sobre o conhecimento prévio acerca do assunto;
  • Conversa informativa sobre o cotidiano do trânsito;
  • Orientações sobre o espaço urbano;
  • Observação do trajeto casa-escola e escola-casa; 
  • Meios de transporte: conhecer os meios de transporte, as diferenças de velocidade dos veículos nas ruas e estradas, os animais no transporte; 
  • Trabalho com massa de modelar: confecções de carros, animais, veículos e placas; 
  • Texto informativo sobre comportamentos corretos no trânsito: pedestres, ciclistas, passageiros de ônibus, motociclistas e motoristas;
  • Confecções de cartazes; 
  • Confecções de placas de sinais de trânsito; 
  • Entrevista com um agente de trânsito;
  • Texto “Dispositivo de segurança para as crianças”;
  • Conversa sobre lugares apropriados para brincar de skate, patins, patinetes, bicicletas e bolas;
  • Reprodução por meio de desenhos e pintura do trajeto escola-casa e casa-escola;
  • Confecção de um mural de notícias sobre o trânsito;
  • Visitação a cidade escola de trânsito – Detranzinho.

Recursos utilizados
  • Professores, crianças, agente de trânsito;
  • Papéis variados;
  • E.V.A;
  • Cola e tesoura;
  • Lápis de cor, canetinha e tinta guache;
  • Massa de modelar;
  • Cidade escola de trânsito – Detranzinho.

Avaliação
Será satisfatório se os alunos se envolverem  nas propostas e realizarem as atividades com prazer e alegria, ampliando seus conhecimentos sobre o assunto.

Referência
AGÊNCIA MUNICIPAL DE TRANSPORTE E TRÂNSITO DE CAMPO GRANDE – AGETRAN
Manual para Educadores de trânsito. Campo Grande/MS, 2005
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PÚBLICA – SESAU
Amigo do Trânsito e da Saúde. Campo Grande/MS
ESCOLA NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA – ENAP
Curso Elaboração de Projetos. Campo Grande/MS, 2008

Jogo - Trânsito

Identifique as placas de trânsito.

Jogos - Letra Inicial

Indique a letra inicial de acordo com a figura apresentada.

Jogos - Cruzadinha das Frutas

Preencha os espaços com os nomes das frutas.

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Expressões faciais em E.V.A

Veja o passo a passo desse enfeite simples



Ensine para as crianças como mostrar o seu humor e representar as expressões do rosto com esse artesanato simples de E.V.A. Essa também é uma boa opção de lembrancinha de aniversário ou para quem procura uma dica de presente original.

Materiais:

  • 1 placa de E.V.A. 2 mm nas cores bege e preta
  • Cola instantânea
  • Tinta acrílica decorativa nas cores Branca e Rosa
  • Caneta permanente de ponta dupla na cor preta
  • Pinta-bolinha para olhos (nº 2 com a ponta nº 8) e para luzes (nº 1 com a ponta nº 1)
  • Tesoura
  • 1 pacote de lacinhos prontos
  • 8 peças de strass
  • Palito de churrasco para riscar os
  • Base para corte
  • Pincel n° 462-2
  • Blush

Passo a passo:

  • 1 Com o palito, transfira os moldes para o E.V.A. nas cores bege e preta. Recorte as peças.
  • 2 Com o pincel n° 2 e a tinta na cor Rosa, sombreie o contorno das peças na cor bege.
  • 3 Com a ponta fina da caneta permanente de ponta dupla, traceje o contorno das peças.
  • 4 Usando o pincel n° 2, passe o blush nas bochechas.
  • 5 Use o pinta-bolinha com a tinta na cor Branca e faça as luzes nas bochechas, no queixo e na testa dos rostinhos.
  • 6 Com a cola instantânea, cole cada rostinho sobre uma peça na cor preta.
  • 7 Use o pinta-bolinha com a tinta na cor Preta para fazer os olhos.
  • 8 Usando a ponta fina da caneta permanente de ponta dupla, desenhe as sobrancelhas, o nariz e a boca, modi¬ficando a expressão de cada rostinho.
  • 9 Com a cola instantânea, cole um lacinho em cada cabeça. Sobre o nó dos lacinhos, cole um strass.



Dia dos namorados em Libras

Para participar:

  • Ser seguidor público aqui do blog (Participar deste site) na lateral.

  • Ser seguidor do google+

Será enviada por email.

Feliz Dia dos Namorados em Libras


Festa junina em Libras

Para participar:

  • Ser seguidor público aqui do blog (Participar deste site) na lateral.

  • Ser seguidor do google+

Será enviada por email.


ATIVIDADE: Bilboquê

Hoje temos um passo a passo de como fazer um divertido bilboquê!


Fazendo o próprio brinquedo: bilboquê